segunda-feira, 3 de agosto de 2009

AS TROPAS DE DEUS


“Já se ouve a gritaria da multidão sobre os montes, semelhante à de um grande povo, a voz do reboliço de reinos e de nações já congregadas. O SENHOR dos Exércitos passa em revista o exército de guerra” (Isaías 13.4).


A Babilônia citada por Isaías é mais do que o país do famoso Nabucodonosor. É aquela cujo poder será destruído completamente pelos consagrados do Senhor, os quais já receberam autoridade para isso. Deus está passando em revista Sua tropa. Que Ele não o ache sujo, mal vestido e desarmado; antes, faça o barulho santo ser ouvido.


A Babilônia representa o reinado de Satanás. Por causa do pecado cometido por Adão, o primeiro homem, o inimigo tem dominado a terra e feito muitos seres humanos seus escravos, usando-os em todos os níveis de iniquidade. Como tirano, e com mão de ferro, o diabo escraviza, domina e destrói a vida das pessoas por meio de enfermidades, práticas erradas e os mais diversos crimes. No entanto, a Igreja precisa despertar e ver que Sua posição é de autoridade, porque foi chamada para executar a ira de Deus.


Não devemos ficar impressionados com o poder infernal que tem dominado e destruído vidas, pois Jesus nos constituiu autoridades do Reino de Deus para aniquilar as obras do diabo. Hoje, se a Igreja se dispuser, poderá libertar os cativos do pecado, levando as pessoas à libertação. Nós, que somos de Cristo, estamos autorizados a usar o poder que nos foi confiado para fazer a obra do Pai.


O novo nascimento nos fez povo de Deus e nos deu poder para agir em Nome de Jesus (Marcos 16.17). Somos consagrados do Senhor e fomos comissionados a destruir as obras satânicas aqui na terra. Quando clamamos a Deus pela libertação de uma pessoa possuída por espíritos malignos, Ele nos atende. Agindo em Nome do Senhor, o diabo tem de nos obedecer. Milhões de pessoas esperam pela nossa ação que irá libertá-los.


Deus está passando em revista Sua tropa, por isso, devemos estar atentos, pois Ele não quer que os Seus O envergonhem com suas atitudes. Ter amplo conhecimento bíblico é fundamental para a vitória, pois as armas que temos de usar contra o mal nos são dadas pelo entendimento que recebemos pela pregação da Palavra (2 Coríntios 10.14).


Não é bom apresentar-se a Deus sem a devida preparação. O soldado da cruz não pode estar sujo pelo pecado, sem as vestes purificadas. Elas precisam estar lavadas pelo sangue de Jesus. Cuide para não se apresentar sem armas da nossa milícia. Deus somente pode usar quem está cheio do Espírito Santo. Aquele que tem do que se envergonhar jamais será bem-sucedido (2 Timóteo 2.15). Faça ouvir o barulho santo em todo o lugar, pois este som deixa o diabo desesperado.


Em Cristo, com amor,


R. R. Soares

Um comentário:

Luciana disse...

oi,deixei um selinho pra vc no meu blog, passa lá e pega ta, fica c/ Deus...
Lu