terça-feira, 28 de abril de 2009

Mensagem do Missionário R.R. Soares: DIFERENÇA ENTRE IRMÃOS

Melhor é o que se estima em pouco e tem servos do que o que se honra a si mesmo e tem falta de pão (Provérbios 12.9).


Dentro da igreja, há pessoas que, de fato, servem a Deus e aquelas que não fazem dEle o Centro de sua vida. Os servos do Altíssimo são conhecidos por sua constância na casa do Senhor, seu temor à Palavra e suas obras em Cristo. Já os que somente pensam em si mesmos são capazes de não assistir aos cultos em razão de quaisquer outros compromissos, como, por exemplo, o casamento de um conhecido, um aniversário, uma partida de futebol. Como se não bastasse, até mesmo a chuva ou o calor podem ser “motivos” para não irem à casa do Pai. Mas, quando surgem os problemas, torna-se evidente quem, realmente, anda com Deus e quem apenas quer servir-se dEle.


Todos nós fomos chamados pelo mesmo Senhor para sermos membros do Seu Corpo e, igualmente, herdeiros das promessas feitas a Abraão. Porém, nem todos se dedicam em servir a Deus de todo o coração. Uns não o fazem por se considerarem mais iluminados e, consequentemente, esses, que, na verdade, agem como néscios, não gostam de perder a oportunidade tanto de acumular mais bens materiais como de desfrutar dos prazeres “lícitos”, como, por exemplo, um final de semana na praia, outro no campo etc.


Os verdadeiros servos do Altíssimo são notados pela habitualidade na igreja, pelo modo como oram e pelo temor à Sagrada Escritura. Muitos não são tão prósperos quanto os que só pensam em si mesmos, não conhecem tantos lugares bonitos nem trazem consigo aquele deslumbramento característico de quem só se preocupa com a roupa da moda, a aparência física e os bens materiais. Não é errado se empenhar por consegui-los, mas quem se dedica ao Reino de Deus não se porta como tolo; afinal, ele não é reconhecido por suas vestes, seu penteado ou seus acessórios, mas, sim, pela fé produtiva em Cristo.


Já os que agem tolamente trocam a oportunidade de estar com o Pai por qualquer convite. O diabo – sabendo que, por exemplo, o pastor de uma congregação se consagrou e preparou uma mensagem especial – usa alguém para tentar afastá-lo da igreja. Há líder capaz de deixar a presença de Deus por causa de compromissos irrelevantes, sem perceber que aquilo foi um golpe! Então, para não ser mal-educado, ele chega a aceitar uma taça de bebida alcoólica e a rir de uma piada suja, em vez de aproveitar o momento para falar do plano da salvação. Quando isso acontece, ele não só deixou vazio seu lugar na igreja, como também se afastou da presença divina.


Em meio a uma crise é que se percebe quem tem servos, sendo pouco estimado, pois ele ora e o poder do Senhor entra em ação. Já o outro, apesar de reputado como o melhor, bajulado pelos que não conhecem o Todo-Poderoso, tem falta até do Pão verdadeiro, a Palavra inspirada.

Pense nisso: vale a pena perder qualquer coisa deste mundo para estar em comunhão com Deus!


Em Cristo, com amor,


R. R. Soares


www.ongrace.com

2 comentários:

Rosangela disse...

oi rr soares vc e um homen abençoado contamos com suas oraçães

Rosangela disse...

oi rr soares vc e um homen abençoado contamos com suas oraçães