quarta-feira, 17 de junho de 2009

O MODO CORRETO DE AGIR


Lembra-te da palavra dada ao teu servo, na qual me fizeste esperar (Salmo 119.49).


O Senhor não é esquecido, mas gosta de ser sempre lembrado do que nos prometeu. Quando nós O lembramos de alguma bênção prometida na Palavra, na verdade, estamos inteirando-nos dessa promessa e reivindicando-a pela fé.


Só conseguimos algo de Deus pela fé, e, sem ela, ninguém agradará ao Altíssimo (Hebreus 11.6). O inimigo, no entanto, consegue fazer com que deixemos de lado as promessas e oremos de modo religioso. Quem intercede assim suplica por uma graça como se ela fosse uma esmola, algo difícil de ser obtida. Há pessoas as quais acham que, enquanto não chatear muito o Senhor, Ele não irá operar. A verdade é que basta uma palavra, e o servo será curado (Lucas 7.7). Quem anda pela fé age de modo oposto dos religiosos (2 Coríntios 5.7).


É claro que Deus não tem problema de memória, mas um hábito bom é lembrá-lO do que nos tem prometido. Isso faz um bem muito grande para a nossa alma. É importante trazer à memória aquele culto, a presença do Senhor, a mensagem que o pastor pregou e o momento em que o Pai celeste falou ao seu coração, fazendo você entender o plano dEle. Recorde-se do que sentiu; da decisão de ser a pessoa que Deus queria que você fosse, e do entendimento de que alcançaria a dádiva que Ele mesmo lhe mostrou.


Ao lembrarmos o Senhor acerca de tudo isso, nós nos transportamos para aquele momento maravilhoso, e a fé brota em nosso coração, capacitando-nos a determinar o que quisermos (João 15.7). Experimente fazer isso na próxima vez que orar e verá o quanto crescerá espiritualmente. É agindo assim que se consegue “convencer” o Criador, e a bênção chega mais depressa do que pensávamos.


A verdade é que não se pode obter nada do Altíssimo por nenhum meio a não ser pela fé. Quem promete ser “bonzinho” ou oferece alguma coisa ao Senhor em troca da bênção está, certamente, ofendendo-O. Sem fé, não conseguimos agradar a Deus, e, tentando suborná-lO, estaremos desrespeitando-O.


O maior desejo do adversário é que creiamos no fato de que agir por fé é difícil, para que passemos a orar e nos comportar de maneira religiosa. Veja nos evangelhos como Jesus orava e aja do mesmo modo. Afinal, quem nEle crê deve agir como Ele agia (1 João 2.6).


A graça não é uma esmola e é fácil consegui-la; basta cumprir as recomendações bíblicas. Não fique chateando o
Senhor para Ele operar, pois isso demonstra insensatez (Mateus 6.7). Como disse o centurião romano, basta somente uma palavra.


Aprenda como o Salvador e os apóstolos agiam e não imite mais os religiosos. Ande pela fé, a qual lhe dará os meios para ser bem-sucedido em tudo, especialmente no serviço ao Senhor.


Em Cristo, com amor,


R. R. Soares

Um comentário:

Luciana disse...

Mais uma bela e abençoada mensagem, agir por fé ñ é difícil, mas as vezes achamos que a benção está demorando, mas td acontece na hr de Deus...isso ja aprendi acho q hj sou mais paciente, tenho mais fé q nunca....
Deus continue te abençoando sempre...